é fácil iniciar negócios na china

É fácil abrir um negócio na China? Bem, se você deseja administrar uma empresa lucrativa em um país estrangeiro, deve estar disposto a enfrentar muitos desafios. No entanto, se você estiver disposto a aceitar o desafio, as recompensas serão muito maiores. Este artigo explica como começar na China, incluindo como escolher uma estrutura legal, como abrir uma conta bancária e como obter a aprovação de um anúncio classificado.

Não há nada fácil em começar um negócio na China

Para empreendedores estrangeiros, iniciar um negócio na China pode ser uma oportunidade lucrativa. O país oferece mão de obra barata e infraestrutura avançada, além de muitos incentivos fiscais para empreendedores estrangeiros. Há muitas coisas que os estrangeiros devem saber antes de lançar seus negócios na China. Este artigo abordará oito etapas importantes a serem seguidas ao iniciar um negócio na China. Ele também fornecerá algumas dicas internas para ajudá-lo a navegar pelas complexidades de fazer negócios na China.

Escolher o local certo é a chave para o sucesso. A China é um mercado enorme com potencial para ser um grande player na economia global. O governo da China está comprometido em abrir seu mercado e fornecer acesso ao vasto mercado do país para empresas estrangeiras. Portanto, o governo chinês incentiva os empresários estrangeiros a estabelecerem seus negócios em uma área amigável. A localização de uma empresa é uma parte crucial do registro na China e é o primeiro passo para garantir seu sucesso futuro.

Escolhendo uma estrutura legal

O processo de incorporação de uma empresa na China começa com a determinação do tipo de estrutura legal a ser utilizada. Dependendo de suas necessidades, a escolha mais comum é uma sociedade de responsabilidade limitada ou uma joint venture, mas também existem muitas outras opções. Aqui estão alguns prós e contras de cada tipo de negócio. O capital social mínimo exigido depende do tamanho da sua empresa e do tipo de produto ou serviço que você está vendendo.

O tipo de entidade mais popular para registro é uma joint venture de capital (EJV). Esse tipo de estrutura envolve um estrangeiro e um sócio chinês, e pode parecer a forma mais segura de estabelecer um negócio na China. No entanto, os especialistas alertam contra essa escolha e recomendam a realização de verificações de antecedentes de potenciais parceiros antes de entrar em uma joint venture de capital. Dependendo do seu setor, a porcentagem de propriedade estrangeira pode estar sujeita a regulamentações rígidas.

Abrindo uma conta bancária

Como estrangeiro, você pode achar um aborrecimento abrir um banco na China. Não apenas os requisitos são desconhecidos, mas as barreiras linguísticas também complicam o processo. Antes de começar, certifique-se de pesquisar os requisitos locais antes de abrir uma conta bancária. Você também pode procurar a ajuda de um amigo ou intérprete. Caso você tenha alguma dúvida ou precise de assistência adicional, você também pode consultar um serviço jurídico e contábil.

O primeiro passo para abrir uma conta bancária na China é obter a aprovação necessária do governo chinês. As empresas de propriedade estrangeira que operam na China continental devem primeiro receber a aprovação do governo. O processo de aprovação geralmente ocorre entre o final de um ano fiscal e o início do próximo. Uma conta em um banco chinês é um passo importante na construção de uma boa imagem corporativa. No entanto, é importante observar que você também precisará obter a aprovação da Administração Estatal de Câmbio (SAFE) antes de abrir uma conta.

Como obter a aprovação de um anúncio classificado

Se você sempre quis abrir um negócio na China, provavelmente já se perguntou como obter a aprovação de um anúncio classificado. O processo pode ser bastante assustador se você não fala o idioma. Felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer para que seu anúncio classificado seja aprovado na China. Continue lendo para saber mais sobre as etapas necessárias para iniciar um negócio na China.

O primeiro passo para que um anúncio classificado seja aprovado na China é saber mais sobre as regras do governo chinês para a Internet. Os consumidores chineses não costumam pagar por informações on-line, portanto, obter a aprovação de um anúncio na China é fundamental. Atualmente, a maioria dos consumidores chineses são usuários de baixo custo que provavelmente não gastarão dinheiro com anúncios, o que dificulta a monetização do tráfego. Enquanto isso, a taxa de fecundidade ultrabaixa na China continuará dificultando o crescimento do país nos próximos anos. Felizmente, o povo chinês é incrivelmente trabalhador, e suas atitudes em relação ao trabalho duro estão mudando lentamente.

pt_PTPortuguês